Limão – Antioxidante Sagrado

Limão amarelo e respectiva flor

De nome científico Citrus x limon, este fruto é da família Rutaceae e nasce no limoeiro. Provavelmente, o limão é a fruta mais conhecida e usada no mundo. São tantas as suas utilidades na vida doméstica que é difícil enumerá-las. Tudo neste fruto se aproveita: com o seu sumo, preparam-se refrigerantes, gelados, molhos e aperitivos, bem como remédios, xaropes e produtos de limpeza; da casca, retira-se uma essência aromática usada em perfumaria e na preparação de licores. Muitas são as utilidades deste citrino fácil de se achar durante o ano todo, nas suas diversas variedades. Em geral, todos os tipos de limão têm aspecto semelhante, embora mudem no tamanho e na textura da casca, que pode ser lisa ou enrugada. Quanto à cor, variam do verde-escuro ao amarelo-claro.

Este fruto é sinónimo de remédio natural e apresenta inúmeros benefícios para o organismo:

-Elimina as toxinas;

-Impede que o ácido sulfúrico se acumule;

-Previne artrite e nefrite (inflamação dos rins);

-Regula os intestinos;

-Ajuda no bom funcionamento do fígado;

-Ajuda no tratamento de constipações, gripes e dores de garganta;

-Combate ateromas – placas lipídicas e de tecido fibroso que se formam nas paredes dos vasos sanguíneos, sendo uma manifestação da aterosclerose;

-Elimina o ácido úrico;

-Melhora os sintomas do reumatismo;

-Combate a gota (excesso de ácido úrico).

Os efeitos antioxidantes e alcalinizantes (devido ao seu teor de sais minerais) permitem que o limão “limpe” o sangue e proteja veias e artérias, pois ajuda a eliminar o mau colesterol  (LDL); reforça a parede dos vasos, dá elasticidade às artérias e impede a coagulação excessiva do sangue. A fruta é rica em flavonóides, e por isso tem acção anticancerígena; actua como anti-inflamatório, previne o envelhecimento precoce, problemas nos olhos e nas vias respiratórias.

Curiosidade:

-Apenas um limão é capaz de fornecer a quantidade diária recomendada de vitamina C.

Autora:

Carolina Murta*

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lim%C3%A3o

http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/1739631-poder-cura-lim%C3%A3o/

http://www.ahau.org/curalimao.0.html

http://www.livrodereceitas.com/diversos/cozinha/curafrutas.htm

Imagem retirada de:

http://www.uni-graz.at/~katzer/engl/Citr_lim.html

Ameixa – Antioxidante Multifunções

Fruto da ameixoeira, a ameixa cujo nome científico é Prunus domestica, pertence à família das Rosaceae.

Durante a maturação, a ameixa sofre mudanças de cor, aroma, sabor e textura. Quando a firmeza da polpa diminui, tornando a fruta mais tenra e macia, significa que está no momento exacto da colheita, cujo período é de Dezembro a Fevereiro.

Este fruto contém mais fibras que um simples vegetal, fruta ou feijão seco. Quando consumida ao natural possui um elevado valor nutritivo, é rica em açúcar, vitaminas e sais minerais (cálcio, ferro e fósforo), mas quando esta está no estado seco ela repõe minerais, como o ferro, zinco e potássio, e também possui um alto valor calórico, porque contém um nível de açúcar mais elevado.

Ameixa vermelha, uma das várias variedades de ameixas que existem

Mas nada de preocupação, apesar de ter alguns pontos negativos, este fruto é bom para uso medicinal. Alguns dos problemas que podem ser resolvidos ou diminuídos são:

  • Prisão de ventre obstinada graças ao seu poder laxante;
  • Problemas de pele e reumatismo pela presença de vitaminas do complexo B;
  • Resulta como agente terapêutico contra a gota (excesso de ácido úrico no sangue), a arteriosclerose, entre outras doenças;
  • Colesterol;
  • Infecções urinárias;
  • Serve como “desobstruente” do fígado, “depurativa” do sangue e “desintoxicante” do aparelho digestivo.

Flor da ameixoeira

Se não gosta de consumir este fruto ao natural e se é amante de geleias, conservas e doces pode sempre consumi-la destas maneiras. Se não gosta desta maneira e adora frutos secos, porquê não consumi-lo? Pense na sua saúde e na sua vida. Com certeza que quer estar cá para contar histórias aos seus filhos, netos, ou bisnetos.

Consuma e seja feliz 🙂 BOM ANO

Autora: Carolina Murta*

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ameixeira#Valor_Aliment.C3.ADcio

http://www.brasilescola.com/frutas/ameixa.htm

Melancia – Antioxidante típico do Verão

O interior da melancia é de cor vermelha, sendo as suas sementes pretas e a sua casca verde, podendo ser riscado ou não

A melancia, Citrullus lanatus, oriunda de África é um fruto refrescante e saudável típico do Verão.

As propriedades nutricionais e medicinais da sua polpa fazem da melancia um bom auxiliar no funcionamento do nosso organismo.

Ao comê-la, repara-se que grande parte da sua constituição é água, mas esta também apresenta óptimas qualidades nutricionais, como hidratos de carbono, betacaroteno, glutationa, vitaminas C e B, licopeno, cálcio, ferro e fósforo que estão presentes em quantidades apreciáveis.

Devido à sua constituição esta ajuda a combater a acidez do estômago, a eliminar o ácido úrico, sendo até aconselhado o seu consumo a indivíduos que sofrem de doenças como o reumatismo, gota, bronquites crónicas, entre outras.

A presença de antioxidantes como o licopeno, glutationa e o betacaroteno fazem da melancia um fruto que ajuda a combater a oxidação das células, o cancro e o envelhecimento precoce. Outra característica interessante da melancia é que o chá das suas sementes desempenha função vasodilatadora contribuindo assim no combate da hipertensão arterial e da impotência sexual.

Agora que já sabe que a melancia não é só água, veja se come mais algumas fatias no Verão!

Autora: Juliana

Fontes:

http://saudealternativa.org/2007/01/23/melancia/

http://comerbemateaos100.blogspot.com/2008/07/as-propriedades-medicinais-da-melancia.html

http://www.frutasnobrasil.com/propriedades_melancia.html

Morango – Antioxidante Alegre

O morango, é uma das espécies de Fragaria e provém dos morangueiros, sendo mais consumida no Verão e princípios do Outono. É rico em vitamina C daí o seu consumo evitar a fragilidade dos ossos e a má formação dos dentes. Esta vitamina também dá resistência aos tecidos, age contra infecções, ajuda a cicatrizar ferimentos e evita hemorragias. O morango possui, em menor quantidade, vitamina B5, conhecida como niacina. Ela tem a função de evitar problemas de pele, do aparelho digestivo e do sistema nervoso. Natural ou em sumos, o morango é recomendado como auxiliar do tratamento do reumatismo. É ainda eficiente contra infecções do fígado, garganta e vias urinárias.

A parte vermelha do morango não é o verdadeiro fruto ao contrário do que muitos pensam

Tecnicamente o morango não é um fruto mas sim um pseudofruto, sendo “os pontos amarelos” o verdadeiro fruto.

O cultivo de morangos requer muitos cuidados porque é uma planta muito sensível a doenças e a alterações climáticas.

Autor: Diogo Verdinho

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Morangueiro

http://www.vitaminasecia.hpg.ig.com.br/morangoorientacao.htm