Nectarina – Antioxidante Descoberto

A nectarina, cujo o nome científico é Prunus persica, pertence à família Rosaceae e resulta da mutação do pêssego, mais propriamente do cruzamento do deste com a ameixa vermelha. Com origem na China e na América do Norte, é uma espécie de pêssego, lisa, de caroço livre.

Como podem ver, a nectarina não possui pêlos

A planta (de clima temperado) produzida no Sul e Sudeste do Brasil que origina este fruto denomina-se nectarineira (parecida ao pessegueiro), sendo esta uma árvore que promove o aparecimente da epiderme (casca) na nectarina, não permitindo a presença de pêlos.

A nectarina é rica em vitamina A , niacina (vitamina do Complexo B) e em vitamina C.

A vitamina A é indispensável para a protecção da visão, conserva o estado sã da pele e auxilia o crescimento. A Niacina é uma vitamina bastante importante, pois actua juntamente com outras substâncias na digestão, além de estimular o apetite. Finalmente a vitamina C dá resistência aos tecidos e age contra as infecções.

Com tantas vantagens que nos traz a nectarina, vamos então comê–las para que possamos ter o nosso maior órgão do corpo (pele) sempre em bom estado.

Elaborado por: Diogo Verdinho

Fontes:

http://vitaminasecia.hpg.ig.com.br/nectarinaorientacao.htm

http://www.todafruta.com.br/todafruta/mostra_conteudo.asp?conteudo=11842

http://pt.wikipedia.org/wiki/Nectarina_(fruta)

Imagem retirada de:

http://media.photobucket.com/image/nectarina/Greenie1957/Nectarina.jpg

Anúncios

Morango – Antioxidante Alegre

O morango, é uma das espécies de Fragaria e provém dos morangueiros, sendo mais consumida no Verão e princípios do Outono. É rico em vitamina C daí o seu consumo evitar a fragilidade dos ossos e a má formação dos dentes. Esta vitamina também dá resistência aos tecidos, age contra infecções, ajuda a cicatrizar ferimentos e evita hemorragias. O morango possui, em menor quantidade, vitamina B5, conhecida como niacina. Ela tem a função de evitar problemas de pele, do aparelho digestivo e do sistema nervoso. Natural ou em sumos, o morango é recomendado como auxiliar do tratamento do reumatismo. É ainda eficiente contra infecções do fígado, garganta e vias urinárias.

A parte vermelha do morango não é o verdadeiro fruto ao contrário do que muitos pensam

Tecnicamente o morango não é um fruto mas sim um pseudofruto, sendo “os pontos amarelos” o verdadeiro fruto.

O cultivo de morangos requer muitos cuidados porque é uma planta muito sensível a doenças e a alterações climáticas.

Autor: Diogo Verdinho

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Morangueiro

http://www.vitaminasecia.hpg.ig.com.br/morangoorientacao.htm

ABC das vitaminas

Hoje em dia todos nós sabemos que as vitaminas são fundamentais para a nossa saúde, no entanto, não nos preocupamos em saber em que locais estas actuam mais concretamente.

A vitamina A (retinol) encontrada na cenoura, abóbora, milho, ovo, leite e derivados é importante na manutenção dos epitélios (revestimento dos órgãos e as cavidades corporais internas), no combate dos radicais livres e na prevenção da “cegueira nocturna”.

Fontes de vitamina A

A vitamina C (ácido ascórbico) proveniente dos citrinos, tomate, repolho, entre outros, é essencial no combate de radicais livres, na prevenção de infecções, na cicatrização de feridas e queimaduras e na absorção de ferro (importante para o sangue, uma vez que ajuda no transporte de gases – oxigénio e dióxido de carbono).

Citrinos – vitamina C a dobrar!

A calciferol (vitamina D) é importante na prevenção do raquitismo e na manutenção dos ossos e dentes. É encontrada em maior quantidade no óleo de fígado de bacalhau, fígado, cereais e lacticínios.

Leite e seus derivados fornecem vitamina D

Tocoferol (vitamina E) previne a esterilidade e o aborto, danos na membrana celular e ajuda no combate aos radicais livres, sendo encontrada em carnes magras (peru, coelho, entre outras), lacticínios e peixe.

Sabia que os amendoins são óptimos "dadores" de vitamina E?

A vitamina K (naftoquinona) essencial na coagulação do sangue é encontrada em vegetais e na castanha.

As vitaminas do complexo B – B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina ou ácido nicotínico), B6 (pirodoxina), B12 (cianocobalamina) – provenientes dos vegetais, carnes, ovos, cereais integrais, legumes, frutas, entre outros são indispensáveis para a oxidação dos alimentos, para o funcionamento dos sistemas nervoso e digestivo e intervêm na respiração celular.

Alimentos ricos em vitaminas do complexo B

Agora que já tem mais alguma informação sobre a importância das vitaminas no nosso organismo, pense se está a ingerir a quantidade adequada destas de modo a manter o seu organismo saudável.

Um copo de sumo de laranja natural em conjunto com uma salada de atum, ovo e legumes é uma óptima forma de as obter. Já viu como é fácil consumir vitaminas?

Autora: Juliana Ponte

Adaptado de:

http://www.suapesquisa.com/ecologiasaude/tabela_vitaminas.htm

http://www.saudepublica.web.pt/05-promocaosaude/051-educacao/vitaminas.htm

http://www.copacabanarunners.net/vita.html