Introdução ao método experimental


Dia 14 de Outubro – Expedição à Universidade

Para consolidar ideias e obter opiniões  especializadas, nada melhor do que uma visita à Universidade dos Açores . Segundo a orientação da Dra. Carmo Barreto da cadeira de Bioquímica, tivemos uma breve formação acerca dos métodos utilizadas para detecção de radicais livres ou o potencial antioxidante de alimentos. Essas explicações foram ilustradas com exemplos como o chá verde e a vitamina C, já muito conhecidos pelas suas propriedades antioxidantes.

A ouvir atentamente as explicações da Dra. Carmo Barreto

A ouvir atentamente as explicações da Dra. Carmo Barreto

Foi-nos então aconselhado a utilização do Método do DPPH (que será explicado numa próxima postagem), sendo-nos fornecido temporariamente um aparelho chamado colorímetro, próprio para análise da absorvância das amostras em estudo.

Além desses momentos, também explorámos diferentes materiais de laboratório, os quais a Escola não possui, como o material necessário para uma destilação fraccionada, entre outros.

IMGP0896

A adquirir mais conhecimentos

Para finalizar, inicíamos a metodologia experimental para as Elaeagnus umbellata.

Início da metodologia experimental das E. umbellata

Início da metodologia experimental das E. umbellata

Para os mais curiosos: http://www.uac.pt/intro.php (site da Universidade dos Açores)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: